Encontre o sapato certo para cada tipo de saia e vestido

Saias e vestidos são escolhas certeiras para qualquer ocasião especial – casamento, formatura, Natal, Réveillon. Mas na hora de usá-los sempre bate aquela dúvida sobre qual sapato escolher para arrematar o look. De olho nisso, a Marie Claire espanhola consultou os especialistas da Made in Me, marca de sapatos personalizados, para esclarecer essa dúvida fundamental que vai te ajudar a sair de casa com a certeza de que escolheu certo.

LONGOS
– Modelos compridos combinam melhor com saltos médios, altos ou altíssimos.

– Vale ainda tentar lançar mão de um par de botas com cores fortes para criar um contraste interessante.

– Com rasteiras, eles ganham um toque boho imediato, perfeito para o verão. Mas atenção: você pode projetar uma imagem muito despojada dependendo da situação.

sapatos-saia-vestido-1

MIDI
– Elas combinam com todos os tipos de sapato, que variam de acordo com a estatura de quem for vesti-las.

– As baixinhas podem apostar em sapatos de salto alto e, se possível, de bico fino para alongar a silhueta.

– As mais altas podem arriscar rasteirinhas, que contribuem ainda para deixar o look mais confortável. Mulheres de pernas mais longas podem ainda arriscar e investir em botas de saltos médio ou alto. Apesar de cobrir ainda mais a perna, a altura compensa.

sapatos-saia-vestido-2

MINI
– Apesar das exceções, os especialistas não recomendam o uso de saltos muito altos ou plataformas com esse modelo de saia. Segundo eles, o resultado pode ser sexy demais e nada prático.

– Outra opção? Sapatilhas! Elas nunca saem de moda e são perfeitas para imprimir um toque romântico. A sua delicadeza equilibra perfeitamente o apelo mais sensual das peças curtas.

– O kitten heel ou salto gatinho, que não passa de 4,5 cm, é uma alternativa prática e funcional perfeita para quem busca um estilo mais retro, à la Audrey Hepburn.

– Aqui, vale também investir nas famosas botas over the knee (acima do joelho), que alongam no ato.

sapatos-saia-vestido-3

ESTILO LÁPIS
– Combine sempre com saltos, que deixam a silhueta mais esguia e ainda constroem uma imagem mais profissional, chique e moderna.

– Não é fã de saltos? Faça como Brigitte Bardot e aposte nas sapatilhas e conquiste um visual mais confortável e fora do comum. Mas lembre-se: se o comprimento for midi, a ausência do salto pode achatar a silhueta.

– Sandálias trançadas acrescentam um pouco mais de informação às peças de corte reto, minimalistas.

 

FONTE: Marie Claire

Conforto nas alturas! Descubra o tamanho limite de um salto alto considerado saudável

salto-alto

Os saltos altos são uma fonte perene de amor e ódio. Apesar de deixar a postura mais esguia e o look sofisticado, andar sobre eles é uma espécie de luta permanente, que termina constantemente com pés doloridos, dedos dormentes e bolhas certeiras. A boa notícia é que nem tudo está perdido. Segundo especialistas, é possível conseguir conforto sem ter que abrir mão dos centímetros a mais.

De acordo com a podóloga e especialista em movimento humano Emily Splichal, três polegadas ou 7,65 cm. “Qualquer coisa acima disso altera a dinâmica da caminhada – os passos são encurtados, você não consegue andar tão rápido e o peso do corpo é transferido para a planta do pé, que joga o centro de gravidade para fora, salientando joelhos e lombar”, explica.

E ao contrário do que muita gente pensa, o modelo plataforma não reduz o efeito prejudicial. A elevação continua lá. A Dra. Emily alerta ainda que o prejuízo pode se dar também com um calçado completamente plano. “Um pouco de altura no calcanhar, como um salto de uma polegada, coloca o pé em uma posição mais estável e elimina a pressão do tendão”, aconselha. “Portanto, evite os extremos.”

FONTE: Marie Claire

Como limpar Sapato ou Tênis de Camurça, Dicas!

como_limpar_camurca_capa

 

Segundo a Wikipedia, a camurça é um tipo de couro felpudo feito com a parte de baixo da pele de animais, como: Cabras, Vacas, Porcos, Cordeiros, etc. Muita gente têm dúvidas de como limpar esse material, por isso, aqui vai algumas dicas para limpar este difícil material:

  • Condicionador de cabelo: Além de limpar o calçado, vai hidratar a Camurça. Uma colher de sopa de Condicionador de Cabelo para 2 colheres de Sopa de Água. Você aplica no sapato ou no seu tênis e deixa agir por 10 minutos, depois é só retirar com um pano úmido.
  • Mancha de lama: Se você sujou seu calçado com lama, pode passar uma escova úmida e logo após secar com secador, procure passar a escova sempre na mesma direção, para não deixar arranhões no material.
  • Para manchas mais resistentes, utilize vinagre: Se seu calçado de Camurça tem uma mancha muito resistente, vale experimentar limpar com solução de Vinagre, copo de água para uma colher de vinagre, passe a solução na mancha e depois tire com um paninho umedecido.
  • A Camurça molhou muito? Teve de enxaguar? Pressione uma toalha seca por fora e por dentro, depois preencha o calçado  com bastante papel (menos Jornal, que mancha), empurrando bem para que a ponta fique preenchida, isso ajuda a manter o formato.
  • Manchas de óleo: Farinha de milho pode te ajudar! Coloque-a em um pano e aplique na mancha em movimentos circulares, depois escove levemente o pó com uma escova de metal.
  • Sua camurça é clara? Você pode “apagar” a sujeira, isso mesmo! Passe uma borracha escolar branca na mancha!
  • Prevenção: No mercado existem sprays específicos para proteção da Camurça, você consegue encontrar em sapateiros.  Vale passar quando limpos para prevenir que seus calçados sujem.

FONTE: Macho Moda

Salto meia pata: conforto para os pés

Quem nunca sofreu por causa de saltos altíssimos, que atire a primeira pedra. Em nome da beleza do look, as mulheres são capazes de passar por verdadeiros desafios. Mas nem sempre é necessário castigar os pés para manter um visual sofisticado.

Uma tendência que já  caiu no gosto do público feminino são os saltos meia pata. Além de lindos, eles ainda são super confortáveis, já que contam com uma plataforma na sola do calçado, o que dá sustentação para a parte da frente do pé e ameniza a altura do salto.

Aqui na Mirella Calçados você encontra cada modelo mais lindo do que o outro. Como este aqui da marca Vizzano. Olha que graça! Feita em material sintético, a sandália possui toque aveludado e o salto geométrico confere ao calçado um design mais leve.

Base 2

Este tipo de salto também é muito versátil. Ele proporciona combinações com diferentes estilos de roupa e também pode estar presente nos calçados casuais, para o dia a dia, até em calçados mais refinados, para festas e outros eventos.

A meia pata é mesmo uma revolução e garante para a mulherada a chance de ficar cada vez linda e, o melhor, sem dor e incômodo. Não desça do salto! Aposte neste tendência e passe o Natal nas alturas!

Como escolher o sapato certo para cada tipo de perna

Atualmente existem muitos modelos de sapatos, mas você sabia que nem todos eles combinam com as características de cada mulher, mas especificamente o tipo de perna de cada uma. Existem alguns modelos que combinam melhor com mulheres com pernas finas e outros com mulheres de pernas grossas. Quer descobrir que sapato feminino combina com o seu tipo de perna? Então confira nossas dicas.

sapatos-Peep-toe

Peep toe: Esse modelo de calçado é mais indicado para as mulheres com tornozelo grosso, já que o sapato deixa todo o peito do pé à mostra. Se você deseja criar a ilusão de uma perna mais fina e alongada, invista no peep toe nude, assim deixará o seu tornozelo mais fino e delgado.

scarpinScarpin: Os scarpins são conhecidos por ser fechado na frente, dos lados e atrás. Ele fica aberto apenas no peito do pé, portanto é aconselhado para as mulheres com tornozelo fino – caso o scarpin possua tiras. Caso contrário é indicado para as mulheres com tornozelo grosso e com perna grossa.

sapatos-Stilettos

Stilettos: Para quem não conhece os stilettos, eles são bem parecidos com o scarpin, porém a única diferente é que possuem salto mais fino e mais alto, na maioria das vezes apresente saltos maiores que 10 cm.
rasteirinhaRasteiras: As rasteiras são calçados atemporais e democráticos, ou seja, nunca saem de moda e combinam perfeitamente com todos os tipos de pernas femininas, além de ser um sapato bastante confortável e que ficam ótimos com calça jeans, saia, vestidos e shorts.
anabela
Anabelas: As anabelas são calçados que não prejudicam a saúde dos pés, podem aparecer em saltos menores ou mais alto, porém não possuem plataforma na frente, apenas possuem altura na parte de trás. As mulheres baixinhas não combinam muito bem com esse tipo de calçado, as mais altas e longilíneas combinam melhor.
tamancoTamancos: Os tamancos são calçados que ficam solto na parte de trás, como se fossem um chinelo, porém com um salto alto e mais largo. Ficam ótimos se combinados com calças jeans e não costuma combinar muito bem com saias. É um sapato que ainda divide muitas opiniões.

Sapato-ChanelSapato Chanel: Conhecido por ter uma abertura na parte de trás e uma tira sobre o calcanhar e abaixo do tornozelo. Na maioria das vezes, aparecem com a ponta mais escura do que a tonalidade do calçado – marca registrada da grife Chanel. São indicados para as mulheres que possuem pernas grossas ou medianas.

sapatilhaSapatilhas: Conhecido por ser inspirado nos sapatos de bailarina. O calçado é totalmente fechado e aberto apenas no peito do pé, assim como a Anabela, as sapatilhas ainda dividem muitas opiniões. Alguns dizem que prejudicam a coluna e as pernas, outras defendem. As mulheres acima do peso e baixinhas não devem utilizar esse modelo, pois podem criar a impressão de que são ainda mais baixinhas e cheinhas, encurtando as pernas.

Plataforma

Plataforma: Conhecido por ser um sapato com salto na tonalidade inferior da cor do sapato. A altura do salto acompanha todo o sapato, proporcionando mais conforto para as mulheres ao andar. Podem ser usados em todos os tipos de mulheres, desde que escolha o modelo certo.

Sapato-boneca10Sapato boneca: Sapato sem qualquer tipo de salto, bastante parecido com a sapatilha, porém com detalhe de fivela e uma tira no meio do sapato no qual atravessa todo o peito do pé. Assim como os demais calçados, também não é indicado para as mulheres baixinhas e acima do peso, pois podem deixá-las ainda menores.

FONTE: di-vas

Elas são a cara do verão!

4

 

Não tem jeito, esse sapato é a cara do verão: vira e mexe ele dá uma sumida, mas sempre volta com tudo quando o assunto é conforto.

A Espadrille é moderna, despojada e de muito estilo. Você pode encontrá-la com salto anabela ou  sem. Alguns possuem até laço para ser amarrado nas pernas, além de detalhes como estampas, pedrarias, bordados, viés, renda ou até mesmo correntes. Há uma infinidade de modelos para você escolher qual casa melhor com seu estilo e com suas roupas.

O modelo é um pouco rústico, cai bem com produções informais, praieiras, e os modelos com salto dão um charme a mais para qualquer produção. Aposte em looks que deixem a perna de fora, ou calças estilo Boyfriend com a barra dobrada. Além de tudo elas fazem par ideal com macacões.

Outras peças que combinam com a Espadrille são peças românticas, ou mesmo o estilo Navy, que é o estilo marinheiro, cheio de listras e cores como vermelho, branco e azul. Já para produções mais sóbrias o preto e o branco são opções clássicas.

 

FONTE: Estilo Boutique

 

Mocassim para todos os estilos e ocasiões

A moda nunca esteve tão democrática e cada vez mais as referências de estilo se misturam entre os gêneros. Cores e estampas suaves preenchem o figurino dos homens assim como peças tradicionalmente masculinas são incorporadas ao guarda-roupa feminino livres de quaisquer restrições. Um exemplo? O mocassim! Ele que sempre foi um sapato usado há gerações, voltou com tudo nas últimas temporadas e dessa vez nos mais variados modelos que vão agradar a todos os estilos.

Originalmente masculino, o mocassim foi criado por volta do ano de 1600 por nativos americanos que tinham a necessidade de proteger os pés em suas cruzadas e caçadas sem perder a sensibilidade ao chão.

Centenas de anos depois, o modelo ganhou força nas ruas ao se popularizar entre os homens na década de 60 através de astros como Elvis Presley. Nas décadas de 80 e 90 foi a vez da mulherada entrar na moda do mocassim e desde então ele nunca mais foi embora de vez.

jailhouse

Apesar das características rústicas, hoje o mocassim pode ser usado em praticamente qualquer ocasião, pois são encontrados em diversos modelos, desde o tradicional com sola rasteira e cores terrosas até mesmo os ousados modelos com salto ou coloridos.

Outra vantagem do mocassim é a facilidade de combiná-los com looks em qualquer estação, portanto não tenha medo de arriscar composições com ele. Conheça algumas dicas que vão te ajudar a escolher o mocassim ideal para cada tipo de roupa e ocasião.

Como usar looks com mocassim

Por geralmente apresentarem características convencionais e masculinas, os mocassins são facilmente combinados com peças mais modernas e femininas, assim o visual contrasta e fica mais interessante. Eles também são casuais e super confortáveis, por isso são uma ótima escolha para o dia a dia. Invista em acessórios modernos para fugir do óbvio e pronto! Você estará linda, leve e solta, prontinha para desfilar com seu mocassim por aí! Confira mais dicas para arrasar dos pés a cabeça.

Looks com saia

Como-Usar-Mocassim-com_Saia

Segundo Bia Kawasaki, consultora de estilo, stylist e autora do livro “Dress Code: Impacto da Imagem Pessoal nos Negócios”, a combinação de mocassim e saia é super possível, porém, por ser um sapato mais adequado para os dias mais frescos, dependendo da ocasião pode não ser a melhor escolha. A dica é apostar na composição saia + mocassim nos dias mais quentes do inverno ou nos típicos dias chuvosos de verão. Outra dica da Bia é incrementar o look com bolsas grandes ou de alça transpassada.

Looks com jeans

Como-Usar-Mocassim-com_Jeans

O jeans é o melhor amigo do mocassim e com ele é impossível errar. Vale usar com regata ou camiseta para o dia a dia ou com camisa para um look mais profissional. Para os dias mais frios, valorize o visual com suéteres, tricot ou uma jaqueta pesada.

Looks com shorts

Como-Usar-Mocassim-com_Short

A dica para combinar mocassim com shorts é a mesma dica para combinar com saia. Bolsas grandes são bem vindas e a atenção para o clima do dia é fundamental. Use com blusas soltinhas para compensar as pernas de fora.

Looks com calças

Como-Usar-Mocassim-com_Calça

A melhor peça para usar com mocassim é a calça comprida e isso não se aplica apenas ao jeans. Existem uma infinidade de modelos pra você escolher e combinar. A dica da Bia é de ouro: “Se possível, dobre a barra da calça para dar um charme extra ao look”.

Looks com vestido

Como-Usar-Mocassim-com_Vestido1

O vestido pode trazer um visual totalmente inesperado quando usado com mocassim. Aproveite a composição com poucas peças para brincar com as cores e não esqueça de investir nos acessórios certos. Os mocassins com salto são os mais indicados, principalmente para deixar o visual menos casual.

Looks para noite ou baladas

Como-Usar-Mocassim-na-noite-balada

Nesse ponto Bia Kawasaki é categórica: “Mocassim não vai a festas e não vai a eventos formais”, porém é possível criar looks interessantes quando a ocasião não exigir muita produção ou o ambiente não for muito formal. Barzinhos, jantares e uma ida ao teatro são momentos onde o mocassim pode entrar no look noturno de forma adequada e elegante.

Looks de inverno

Como-Usar-Mocassim-no-Inverno1

O mocassim foi feito para o inverno e é a estação para brilhar com ele. Aposte em acessórios como mantas e cachecóis para incrementar. Ponchos e xales também são complementos perfeitos mas tenha cuidado para não deixar o visual careta demais. Bia alerta para não usar o mocassim com meia, a não ser que o seu estilo e personalidade combinem com a pegada college ou tomboy.

 

FONTE: Dicas de Mulher