**Atributos necessários aos goleiros**

Exige-se de um goleiro um tal acúmulo de capacidades corporais e psíquicas que só podem ser encontradas em poucos jogadores. A posição do goleiro requer um ensino muito especial e diverso dos demais jogadores e, mais ainda, uma educação e orientação espiritual diferente”. (CARLESSO, 1981:34).
Segundo CARLESSO alguns parâmetros próprios de cada goleiro devem ser sempre abordados:

* Peso proporcional:
Seu peso tem que ser proporcional a sua altura. Não poderá ser muito magro porque, terá que suportar atacantes hábeis e fortes sobre sua meta. O gordinho também tem suas desvantagens. Ele perde um pouco de sua agilidade tão usada pelos goleiros.

* Estatura:
O “baixinho” dia-a-dia perde a condição para a posição. Só leva desvantagem. Acima de 1,85m. Existem muitos goleiros com mais de 1,90m, quanto mais alto mais cuidados teremos com sua flexibilidade e velocidade.

* Presença:
O goleiro que não tem presença de espírito não se impõe ao adversário e tão pouco dá confiança à sua equipe. Presença pela apresentação de seu uniforme, suas atitudes, seus gestos, seu comando.

* Saber saltar:
É fundamental para todo goleiro saber saltar.
O goleiro tem que ser treinado para saltar tanto para um lado como para o outro. A coordenação do salto é fundamental.

* Saber cair:
Antes ensinar a não cair.
Se o ensinarmos a saltar teremos que ensiná-lo a cair. Vamos buscar no judô esta técnica.

* Habilidade:
Vamos buscar no basquete a habilidade.
Há necessidade do goleiro dominar a bola em toda e qualquer situação, de fazer com a mão esquerda o que faz com a direita. Habilidade também com os pés direito e esquerdo.

* Treinamento:
Repetições sistemáticas de gestos específicos.
Grande número de repetições em velocidade até chegarmos ao automatismo dos gestos. Quando se treina velocidade e flexibilidade desenvolve-se também a agilidade. É fundamental para todo atleta e mais importante ainda para um goleiro.

* Firmeza:
Ter firmeza em tudo o que faz e ter certeza naquilo que poderá fazer, no decorrer de uma partida. Firmeza também é o mandamento número 1 do goleiro, sempre que possível pegar a bola firmemente.

* Valentia:
O goleiro necessita de valentia, em todas as situações perigosas.
O goleiro que tem medo de jogar-se aos pés de um dianteiro, é um goleiro de valor muito limitado.

* Tranqüilidade:
A tranqüilidade aumenta grandemente a capacidade do goleiro. O goleiro nervoso contagia a todos os demais companheiros. Ele tem que saber que é o último jogador da defesa e qualquer falha dificilmente poderá ser corrigida.
Tem muito valor psicológico que o goleiro mantenha uma tranqüilidade mental, física e técnica em todas as situações. Esta calma inspira confiança nos demais jogadores.

* Decisão:
Decisão representa 50 por cento da defesa.
Uma boa técnica defensiva sem decisão não existe. O indeciso normalmente acaba tomando o gol. É preferível errar, tomando uma decisão, do que ficar indeciso.

* Capacidade de atenção múltipla:
A posição do goleiro requer uma capacidade de atenção múltipla. Ele deve estar atento quando a bola se encontra distante de sua meta. E mais atento ainda, quando se encontra nas imediações de sua área. Tem que observar a movimentação dos atacantes, seus próprios companheiros de equipe, e com maior atenção ainda na bola.
A atenção é essencial para desenvolver o sentido de ritmo. Se o goleiro observar, tanto à distância e posição do adversário, como a direção e velocidade da bola, então poderá calculara em frações de segundos as possibilidades de uma intervenção segura e precisa.
A atenção possibilitará em muito os movimentos para a antecipação e precisão de jogadas. Um bom goleiro faz deduções do movimento do adversário, quase que lê seus pensamentos. Sabe de antemão o que se pode suceder em uma situação dada e se prepara para tal eventualidade. Há goleiros que parecem atrair para si todas as bolas.
Este tipo de goleiro dispõe de capacidades de antecipação à jogada e aproveita estupendamente esta qualidade.
Quantos gols por falta de atenção do goleiro.
O goleiro tem que estar atento a bola durante os 90 minutos.
Se não estiver atento, o “montinho artilheiro” estará.
É a vala de determinados campos que poderá trazer sérios dissabores.
Ele tem que estar atento também nos seus próprios companheiros que de vez em quando chutam contra a sua meta.

* Golpe de vista:
Muito bom quando tudo vai bem, mas por motivo de segurança é melhor conferir.

* Visão:
É uma das grandes vantagens do goleiro. Uma maior visão do campo. Estar sempre de frente para a jogada, se aproveitar dessa vantagem principalmente para as saídas de contra-ataque.

* Observador:
Observar antes, durante e após um jogo.
Antes: Quais os atacantes que terá pela frente? Quem chuta bem? Com que pé? Se cabeceia?
Durante: Quem está bem, quem está mal, por onde sair jogando.
Depois: Tudo que se passou, analisar e tirar proveito.

* Confiança:
Ter confiança em si, proporcionar e transmitir confiança aos seus companheiros de equipe. As falhas de um dianteiro não são fatais para a vitória de uma equipe. O jogador de defesa, quanto mais perto do seu gol, tanto mais grave será a conseqüência de sua falha proporcionalmente aumenta sua responsabilidade para o conjunto. Uma falha do goleiro pode aquebrantar o seu ânimo, minar sua confiança. Se for um goleiro que possua uma grande força de vontade e confiança em si, supera facilmente esta situação.
O trabalho do goleiro e diferente das demais jogadores. Os problemas complexos, as situações especiais e perigosas fazem com que exija do goleiro qualidades bem diferentes daquelas que se exigem dos outros jogadores.
Mesmo no momento que se sentir emocionalmente envolvido e pressionado, jamais poderá desanimar, deverá acreditar sempre, nas suas possibilidades, procurando manter a autoconfiança e com o pensamento positivo, tentar a todo custo, reverter o quadro que se lhe afigura como difícil.

* Força de vontade:
A força de vontade é também importante para um bom goleiro. A falta de força de vontade pode provocar facilmente erros para a segurança tão necessária.
O jogador, ao escolher como sua a função de goleiro numa equipe de futebol, deverá ter definido os seus objetivos, o seu ideal, a sua perspectiva de vida. Deverá ter consciência que a trajetória de um goleiro, além de ser difícil, é cheia de surpresas e exigirá enormes sacrifícios daquele que a abraçar.
Sem essa força que nos estimula e nos empurra para frente, não se pode almejar muito em qualquer profissão. A vontade e o desejo convicto de atingir um objetivo, devem ser mantidos sempre acesos dentro de cada um. Deve-se procurar a todo dia trabalhar duramente para poder subir, ainda que lentamente, sempre na escalada para o sucesso almejado.
E o goleiro, vivendo pela lei da compensação, já que passará por inúmeras dificuldades, vivenciará, também, emoções que poucos desportistas terão a oportunidade de sentir.
Quem não tiver força de vontade escolha outra posição.

* Responsável:
O goleiro tem que ser responsável tanto no campo, como fora dele.

* Inteligente:
Se o goleiro não for inteligente, ele estacionará. Ele chegará a um determinado estágio e não mais evoluirá.
Só chegará a ser um grande goleiro se for inteligente.

* Sorte:
A sorte não é obra do acaso.
Desenvolva todas as qualidades necessárias ao goleiro, que ele terá sorte.

* Preocupação:
A preocupação anula a clareza do pensamento.
A preocupação entorpece as vias que comunicam com o cérebro e retarda os reflexos, que são essenciais no jogo de tanta rapidez. A concentração se vê prejudicada.

* Temor:
Algumas vezes o goleiro está atemorizado pela reputação de seus adversários. Entra em campo com medo. O temor desviará seus impulsos e freará a coordenação muscular.

* Superstição:
A superstição é uma condição da mente associada com o medo. O supersticioso normalmente é preocupado, tem medo e não tem confiança em si.

* Excesso de confiança:
Produz uma condição mental no goleiro que desalenta a aplicação. O goleiro não se encontra como deveria. A falta de consideração com as equipes fracas provoca um descuido e a falta de aplicação.

* Intranqüilidade:
O goleiro intranqüilo, normalmente não consegue relaxar seus nervos e tão pouco conseguirá concentrar-se. As secreções das glândulas supra-renais intensificam a excitação e os resultados são as falhas. A intranqüilidade anula a clareza do pensamento que é tão necessária para certos atos reflexos e premeditados durante uma partida de futebol.

Professor Eduardo A. Camassola

Fonte: Treinando Goleiros

Anúncios

Short oficial do Chelsea: Torça pelo seu time com estilo – Mirella Calçados

Na Mirella Calçados você encontra o short oficial do Chelsea Futebol Clube, também conhecido com The Blues.

Segundo pesquisa divulgada em 2010, o The Blues dispõe da quarta maior torcida do continente europeu, com aproximadamente 22 milhões de torcedores. Isso sem contar com os torcedores espalhador em outros cantos do mundo, como o Brasil.

Os gloriosos torcedores do time inglês podem adquirir com muito conforto, estes shorts para bater aquela bolinha no fim de semana com os amigos.

Além de conforto, vai proporcionar muito estilo, pois os shorts Adidas são conceituados em qualidade.

Venha em nossa loja e escolha o modelo que combina com você e complete o visual com a camisa do seu time de coração.